Lei garante sigilo dos dados de vítimas e familiares em situação de risco devido à violência doméstica na Paraíba

A lei sancionada pelo governador João Azevêdo é de autoria do deputado Nabor Wanderley.

A Lei 11.791 que garante o sigilo dos dados de vítimas e familiares em situação de risco devido à violência doméstica na Paraíba, foi publicada no Diário Oficial desta quinta-feira (15). A lei sancionada pelo governador João Azevêdo é de autoria do deputado Nabor Wanderley.

De acordo com a publicação a que o ClickPB teve acesso, o sigilo dos dados cadastrais dos filhos das mulheres dar-se-à sobretudo nos cadastros das Secretarias de Estado da Segurança e Defesa Social, da Educação e da Ciência e Tecnologia de forma a obstar ao autor das violências o acesso à mulher vítima.

As vítimas e familiares serão inseridos no cadastro de sigilo a partir do momento em que a mulher for atendida pelo primeiro órgão público do Estado.

Tags

Assessoria

Com mais de 43 anos prestados à radiofonia paraibana, o radialista Cardivando de Oliveira iniciou a carreira em plena ditadura militar. Apresentador do programa BOM DIA PARAÍBA, na rádio Sanhauá, Cardivando é dono de uma audiência invejável.Cardivando Cavalcante de Oliveira, pessoense, radialista com mais de 50 anos prestados ao radialismo paraibano, iniciou a carreira no ano de 1964, em plena ditadura militar, no bairro da Torre, como locutor da Difusora Luso-brasileira, pertencente ao radialista Manoel Alexandre.Âncora do programa BOM DIA PARAÍBA, apresentado pela rádio Sanhauá, na freqüência AM 1.280, Cardivando foi o comunicador pioneiro, a colocar o ouvinte no ar através do telefone. No seu programa, são abordados diversos temas sempre com a participação do ouvinte. Dono de um estilo singular de fazer rádio, Cardivando de Oliveira é o criador do bordão: "Tu cai daí", ora utilizado por ele, sempre que um ouvinte comete um deslize, ou exagera num determinado comentário.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios