Paraíba confirma 751 novos casos e 12 óbitos por Covid-19 em 24h; total de mortos chega a 2.884 e 124.315 infectados

Até o momento, 382.863 testes para diagnóstico da Covid-19 já foram realizados.

A Paraíba registrou 751 novos casos de Covid-19 e 12 óbitos confirmados desde a última atualização, 11 deles ocorridos nas últimas 24h. De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde ao ClickPB nesta quarta-feira (7), 124.315 pessoas já contraíram a doença, 99.926 já se recuperaram e 2.884, infelizmente, faleceram. Até o momento, 382.863 testes para diagnóstico da Covid-19 já foram realizados.

  • Casos Confirmados: 124.315
  • Casos Descartados: 170.842
  • Óbitos confirmados: 2.884
  • Casos recuperados: 99.926
  • Total de municípios: 223

A ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico) em todo o estado é de 37%. Fazendo um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa, a taxa de ocupação chega a 30%. Em Campina Grande estão ocupados 39% dos leitos de UTI adulto e no sertão 57% dos leitos de UTI para adultos.

Os casos confirmados estão distribuídos por todos os 223 municípios paraibanos. A diferença de casos de ontem para hoje é de 751, nos quais 10 municípios concentram 437 casos, o que representa 58,18% dos casos em toda a Paraíba.

São eles:

  • João Pessoa, com 146 novos casos, totalizando 30.255;
  • São Bento, com 44 novos casos, totalizando 3.174;
  • Patos, com 43 novos casos, totalizando 4.528;
  • Campina Grande, com 41 novos casos, totalizando 13.323;
  • Cajazeiras, com 37 casos novos, totalizando 2.127;
  • Mamanguape, com 34 novos casos, totalizando 2.630;
  • Sumé, com 28 casos novos, totalizando 607;
  • Esperança, com 22 novos casos, totalizando 678;
  • Santana dos Garrotes, com 22 novos casos, totalizando 85;
  • São José de Piranhas, com 20 novos casos, totalizando 425.

*Dados oficiais preliminares (fonte: SIM, e-sus VE e SIVEP) extraídos às 10h do dia 07/10, sujeitos a alteração por parte dos municípios.

Até hoje, 171 cidades registraram óbitos por Covid-19. Os 12 óbitos registrados nesta quarta ocorreram em hospitais públicos e privados entre os dias 05, 06 e 07 de outubro, entre residentes de 07 municípios. Os pacientes tinham idade entre 30 e 88 anos, cinco deles eram menores de 65 anos. Cardiopatia foi a comorbidade mais freqüente.

Homem, 86 anos, residente em Diamante. Cardiopata. Início dos sintomas em 17/09/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 07/10/2020.

Mulher, 79 anos, residente em Campina Grande. Diabética. Início dos sintomas em 26/09/2020. Foi a óbito em hospital privado no dia 07/10/2020.

Homem, 74 anos, residente em Sapé. Sem comorbidade. Início dos sintomas 26/09/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 07/10/2020.

Homem, 73 anos, residente em Itapororoca. Hipertenso e cardiopata. Início dos sintomas em 20/08/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 07/10/2020.

Homem, 70 anos, residente em João Pessoa. Cardiopata. Início dos sintomas em 17/09/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 06/10/2020.

Mulher, 69 anos, residente em João Pessoa. Cardiopata. Início dos sintomas em 31/08/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 06/10/2020.

Homem, 62 anos, residente em Campina Grande. Hipertenso, diabético e portador de doença respiratória. Início dos sintomas em 18/09/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 06/10/2020.

Homem, 61 anos, residente em João Pessoa. Cardiopata e diabético. Início dos sintomas em 30/09/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 06/10/2020.

Homem, 57 anos, residente em Cabedelo. Sem comorbidade. Início dos sintomas em 21/09/2020. Foi a óbito em hospital privado no dia 06/10/2020.

Mulher, 48 anos, residente em Catolé do Rocha. Diabética. Início dos sintomas em 31/08/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 06/10/2020.

Mulher, 30 anos, residente em Cabedelo. Obesa. Início dos sintomas em 22/09/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 06/10/2020.

Mulher, 84 anos, residente em Campina Grande. Cardiopata. Início dos sintomas em 30/09/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 05/10/2020.

clickpb

Tags

Assessoria

Com mais de 43 anos prestados à radiofonia paraibana, o radialista Cardivando de Oliveira iniciou a carreira em plena ditadura militar. Apresentador do programa BOM DIA PARAÍBA, na rádio Sanhauá, Cardivando é dono de uma audiência invejável.Cardivando Cavalcante de Oliveira, pessoense, radialista com mais de 50 anos prestados ao radialismo paraibano, iniciou a carreira no ano de 1964, em plena ditadura militar, no bairro da Torre, como locutor da Difusora Luso-brasileira, pertencente ao radialista Manoel Alexandre.Âncora do programa BOM DIA PARAÍBA, apresentado pela rádio Sanhauá, na freqüência AM 1.280, Cardivando foi o comunicador pioneiro, a colocar o ouvinte no ar através do telefone. No seu programa, são abordados diversos temas sempre com a participação do ouvinte. Dono de um estilo singular de fazer rádio, Cardivando de Oliveira é o criador do bordão: "Tu cai daí", ora utilizado por ele, sempre que um ouvinte comete um deslize, ou exagera num determinado comentário.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios