Três chapas disputam cargos de reitor e vice-reitor da UFPB; votação será no dia 26

A comissão organizadora para a consulta prévia para reitor e vice-reitor da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) homologou as chapas que vão concorrer à Reitoria da federal paraibana.

Três candidaturas se inscreveram para a consulta on-line. São estas, por ordem de inscrição: “Orgulho de ser UFPB” – Valdiney Veloso Gouveia (reitor) e Liana Filgueira Albuquerque (vice-reitora); “Inovação com inclusão” – Terezinha Domiciano Dantas Martins (reitora) e Mônica Nóbrega (vice-reitora); e “UFPB em primeiro lugar” – Isac Almeida de Medeiros (reitor) e Regina Celi Mendes Pereira da Silva (vice-reitora).

A votação será on-line, em 26 de agosto, pelo sistema SigEleição da UFPB, das 7 às 22h. A votação será em um único turno, com voto em apenas uma chapa composta pelo candidato a/à reitor(a) e a/à vice-reitor(a).

Poderão votar professores e técnico-administrativos do quadro permanente da UFPB e em efetivo exercício, e discentes da UFPB formalmente matriculados nos cursos de médio e profissionalizante, graduação e tecnológico, pós-graduação (stricto sensu), mestrados (acadêmicos e profissionalizantes), doutorados e pós-graduação (lato sensu), nas modalidades de especialização, residência médica, residência multiprofissional e residência em área profissional da saúde.

O acesso ao SigEleição será por meio de autenticação do eleitor, através de login e senha, únicos e intransferíveis, os mesmos utilizados para o acesso aos sistemas da UFPB. Para ter direito de acesso, docente, técnico-administrativo e estudante deverá providenciar, caso ainda não tenha, a criação de sua conta através do autocadastro, até 24h antes do dia da consulta estabelecido para votação. O voto será secreto e o sigilo será garantido pelo SigEleição.

O percentual de votação final de cada candidatura será obtido pela média ponderada dos percentuais alcançados em cada segmento, sendo o peso de 15% para discentes, 15% para técnico-administrativos e 70% para docentes.

O resultado da consulta será divulgado no mesmo dia da votação, 26 de agosto, e homologado em 3 de setembro, pelo Conselho Universitário (Consuni) da UFPB. A lista tríplice, com os três primeiros nomes mais votados para cada cargo, será enviada para o Ministério da Educação (MEC) até 11 de setembro. Historicamente, a pasta nomeia os nomes mais votados pela comunidade universitária para cada cargo.

A Resolução Nº 04/2020 do Consuni da UFPB, que regulamenta a consulta prévia junto à comunidade universitária para subsidiar a elaboração de lista tríplice para a escolha de reitor(a) e vice-reitor(a), pode ser conferida na íntegra, na página do órgão deliberativo superior em matéria de política geral da federal paraibana.

Parlamentopb

Tags

Assessoria

Com mais de 43 anos prestados à radiofonia paraibana, o radialista Cardivando de Oliveira iniciou a carreira em plena ditadura militar. Apresentador do programa BOM DIA PARAÍBA, na rádio Sanhauá, Cardivando é dono de uma audiência invejável.Cardivando Cavalcante de Oliveira, pessoense, radialista com mais de 50 anos prestados ao radialismo paraibano, iniciou a carreira no ano de 1964, em plena ditadura militar, no bairro da Torre, como locutor da Difusora Luso-brasileira, pertencente ao radialista Manoel Alexandre.Âncora do programa BOM DIA PARAÍBA, apresentado pela rádio Sanhauá, na freqüência AM 1.280, Cardivando foi o comunicador pioneiro, a colocar o ouvinte no ar através do telefone. No seu programa, são abordados diversos temas sempre com a participação do ouvinte. Dono de um estilo singular de fazer rádio, Cardivando de Oliveira é o criador do bordão: "Tu cai daí", ora utilizado por ele, sempre que um ouvinte comete um deslize, ou exagera num determinado comentário.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios