Moradores de duas comunidades recebem cestas nutricionais e kits de higiene do programa João Pessoa Sustentável

Moradores em situação de vulnerabilidade social e econômica afetados pela pandemia do novo coronavírus continuam recebendo cestas nutricionais e kits de higiene do programa João Pessoa Sustentável. A ação da tarde desta quarta-feira (29) aconteceu nas comunidades Riachinho (bairro Treze de maio) e Capadócia (Colinas do Sul). Ao todo, 360 famílias foram beneficiadas pela ação da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), em parceria com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

A previsão é de que esta segunda fase da ação seja concluída até o dia 10 de agosto em 44 territórios da Capital. As entregas acontecem de porta em porta, sem que os moradores sejam submetidos a aglomerações. Todas as localidades foram pré-definidas por critérios do BID e o trabalho é resultado de uma ação piloto do Centro de Monitoramento da Cidade, que será um equipamento capaz de monitorar o movimento e o desenvolvimento de João Pessoa.

“Nossas equipes estão nas ruas diariamente realizando esse trabalho que é tão importante para ajudar milhares de famílias da nossa Capital. Também orientamos os moradores sobre os cuidados com a saúde, da importância de se protegerem contra o novo coronavírus. Ainda contamos com o apoio do Exército Brasileiro, da Marinha e da Polícia Militar, que também são fundamentais na logística das entregas dessas cestas”, disse Daliana Grisi, da Unidade Executora do Programa João Pessoa Sustentável.

Estrutura – Para cada distribuição de cestas e kits, a Prefeitura disponibiliza aproximadamente 280 profissionais de 13 secretarias, contando ainda com o apoio logístico do Exército Brasileiro, Marinha e Polícia Militar. Compõem a frente de ações as secretarias municipais: Sedes, Sedurb, Semob, Semhab, Seinfra, Sedec, Saúde, Secom, Sead, Guarda Municipal, Defesa Civil, Orçamento Participativo e IPM.

  • Texto: Felipe Silveira
    Edição: Cristina Cavalcante
    Fotografia: assessoriaSecom PMJP

Tags

Assessoria

Com mais de 43 anos prestados à radiofonia paraibana, o radialista Cardivando de Oliveira iniciou a carreira em plena ditadura militar. Apresentador do programa BOM DIA PARAÍBA, na rádio Sanhauá, Cardivando é dono de uma audiência invejável.Cardivando Cavalcante de Oliveira, pessoense, radialista com mais de 50 anos prestados ao radialismo paraibano, iniciou a carreira no ano de 1964, em plena ditadura militar, no bairro da Torre, como locutor da Difusora Luso-brasileira, pertencente ao radialista Manoel Alexandre.Âncora do programa BOM DIA PARAÍBA, apresentado pela rádio Sanhauá, na freqüência AM 1.280, Cardivando foi o comunicador pioneiro, a colocar o ouvinte no ar através do telefone. No seu programa, são abordados diversos temas sempre com a participação do ouvinte. Dono de um estilo singular de fazer rádio, Cardivando de Oliveira é o criador do bordão: "Tu cai daí", ora utilizado por ele, sempre que um ouvinte comete um deslize, ou exagera num determinado comentário.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios