Samu de João Pessoa realiza 6,9 mil atendimentos no mês de junho

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de João Pessoa realizou aproximadamente 6.900 atendimentos, no mês de junho. Conforme levantamento do setor de Estatísticas do Samu, entre os atendimentos realizados, 79% foram de socorro, sendo 7% de remoção. Normalmente, os procedimentos são feitos no local e, se necessário, o paciente é encaminhado à rede de hospitais.

Segundo a coordenadora do Samu, Erika Andrade, por conta da pandemia do coronavírus, houve um aumento no número de ligações. “Era o esperado, por isso aumentamos o número de pessoal para dar conta da demanda”.

Outros 14% dos atendimentos foram apenas de orientação, nos quais o médico conversa por telefone com o paciente, não tendo a necessidade de ir até o local da chamada. Considerando o total de ligações, 7% foram canceladas, seja pelo paciente ou pelo médico, por não se tratar de nada grave. Um número ainda alto é o de trotes, que correspondeu a 12% das ligações.

A coordenadora alerta que a população deve ter cuidado ao ligar para o Samu, pois o serviço é voltado apenas para urgências. Para aquelas pessoas que apresentam sintomas de síndromes gripais e precisam de uma consulta médica, a prefeitura oferece o serviço de telemedicina, através do telefone: 3218-9214.

Samu Regional João Pessoa – O serviço é estruturado por quatro unidades de suporte avançado de vida (USA), sete unidades de suporte básico de vida (USB) e sete motolâncias. Para acionar o serviço, o usuário deve ligar gratuitamente para o número 192.

  • Texto: Gabriela Neves
    Edição: Thadeu Rodriguez
    Fotografia: Gilberto Firmino

Tags

Assessoria

Com mais de 43 anos prestados à radiofonia paraibana, o radialista Cardivando de Oliveira iniciou a carreira em plena ditadura militar. Apresentador do programa BOM DIA PARAÍBA, na rádio Sanhauá, Cardivando é dono de uma audiência invejável.Cardivando Cavalcante de Oliveira, pessoense, radialista com mais de 50 anos prestados ao radialismo paraibano, iniciou a carreira no ano de 1964, em plena ditadura militar, no bairro da Torre, como locutor da Difusora Luso-brasileira, pertencente ao radialista Manoel Alexandre.Âncora do programa BOM DIA PARAÍBA, apresentado pela rádio Sanhauá, na freqüência AM 1.280, Cardivando foi o comunicador pioneiro, a colocar o ouvinte no ar através do telefone. No seu programa, são abordados diversos temas sempre com a participação do ouvinte. Dono de um estilo singular de fazer rádio, Cardivando de Oliveira é o criador do bordão: "Tu cai daí", ora utilizado por ele, sempre que um ouvinte comete um deslize, ou exagera num determinado comentário.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios