Campanha de vacinação imuniza 80% do público-alvo e encerra pontos de ‘drive thru” nesta quinta

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) superou as metas definidas pelo Ministério da Saúde (MS) para campanha nacional de vacinação contra influenza. Até esta terceira etapa da campanha, já foram vacinadas 197,5 mil pessoas, o que representa 80% da população (246 mil) que compõe o público-alvo. Os serviços ‘drive thru’, que começaram a funcionar em João Pessoa no dia 24 de março, seguem até esta quinta-feira (21) totalizando 38,5 mil atendimentos em três pontos disponíveis: nos Shoppings Manaíra e Mangabeira e no Parque da Bica.

“A partir da próxima segunda-feira (25), serão referências para vacinação de rotina e da campanha que previne contra a gripe todas as unidades de saúde da família, policlínicas municipais e o Centro Municipal de Imunização”, destaca Fernando Virgolino, chefe da Seção de Imunização da Prefeitura Municipal de João Pessoa.

O alto índice de imunização se deve às diversas estratégias de imunização realizadas na Atenção Básica, como a vacinação em 68 ginásios, nos pontos de “drive thru” e em locais para públicos específicos – como caminhoneiros e pessoas com deficiência. Além disso, há a vacinação domiciliar para pessoas acamadas e as crianças com deficiência da rede municipal de ensino, e ações extramuros em clínicas particulares, policlínicas municipais e abrigos de idosos. A campanha segue até o dia 5 de junho.

Funcionamento – As pessoas que compõem o público-alvo poderão se dirigir às unidades de saúde da família (USFs) de segunda à sexta-feira, das 7h às 11h e das 12h às 16h. Nas policlínicas, o atendimento é das 7h às 17h e, no Centro Municipal de Imunização (CMI), a vacina será aplicada das 8h às 15h50.

O público-alvo da terceira etapa da campanha é formado por crianças de seis meses a menores de seis anos, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas com deficiência, professores de escolas públicas e privadas e adultos de 55 até 59 anos. Para ser imunizado, o usuário deve comprovar que está inserido no grupo prioritário no momento da imunização.

Nas duas etapas anteriores já foram imunizados idosos, trabalhadores da saúde, profissionais das forças de segurança e salvamento, caminhoneiros, motoristas, pessoas com doenças crônicas, funcionários do sistema prisional, pessoas privadas de liberdade e jovens de 12 anos a 21 anos sob medida socioeducativa. Aqueles que pertencem a algum desses grupos ainda podem ser vacinados nas USFs, nas policlínicas municipais e no CMI.

Crianças e adolescentes com deficiência – As equipes de saúde da família continuam vacinando em casa as crianças e adolescentes matriculados na rede municipal de ensino da Capital que precisam de cuidados especiais e que são acompanhados por cuidadores durante as aulas nas creches e escolas. Na ação, pioneira da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), há a entrega de um kit com máscaras de proteção, álcool 70% e sabonete líquido para cada família atendida. Mais de duas mil crianças deverão ser beneficiadas.

Pessoas com dificuldade de locomoção – Quem não puder se deslocar a algum ponto de vacinação por estar acamado ou em outra situação que impeça seu deslocamento, poderá agendar para receber a vacina em casa. O agendamento é feito das 8h às 16h pelo telefone (83) 3218.9807. Já o número de WhatsApp (99666-3020) é disponibilizado para o agendamento das pessoas com deficiência auditiva.

Fonte: Secom PMJP

Tags

Assessoria

Com mais de 43 anos prestados à radiofonia paraibana, o radialista Cardivando de Oliveira iniciou a carreira em plena ditadura militar. Apresentador do programa BOM DIA PARAÍBA, na rádio Sanhauá, Cardivando é dono de uma audiência invejável.Cardivando Cavalcante de Oliveira, pessoense, radialista com mais de 50 anos prestados ao radialismo paraibano, iniciou a carreira no ano de 1964, em plena ditadura militar, no bairro da Torre, como locutor da Difusora Luso-brasileira, pertencente ao radialista Manoel Alexandre.Âncora do programa BOM DIA PARAÍBA, apresentado pela rádio Sanhauá, na freqüência AM 1.280, Cardivando foi o comunicador pioneiro, a colocar o ouvinte no ar através do telefone. No seu programa, são abordados diversos temas sempre com a participação do ouvinte. Dono de um estilo singular de fazer rádio, Cardivando de Oliveira é o criador do bordão: "Tu cai daí", ora utilizado por ele, sempre que um ouvinte comete um deslize, ou exagera num determinado comentário.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios