Bruno Farias cobra da Prefeitura Plano de Reabertura Gradual das atividades econômicas

O vereador Bruno Farias, Presidente Municipal do Cidadania-JP, apresentou nesta terça-feira (19), na CMJP, um Requerimento cobrando das autoridades a elaboração de um Plano de Reabertura Gradual das atividades econômicas.

Segundo ele, o silêncio das autoridades em relação a esse tema cria um ambiente de incertezas sobre o futuro da economia de nossa cidade, gerando apreensão e angustia em empreendedores, trabalhadores e seus familiares.

“Melhor do que ninguém, até porque testei positivo para a Covid-19, sei que a prioridade do momento é proteger vidas, mas nós temos que ter a real dimensão do grande desafio econômico que enfrentaremos e que muitos já estão enfrentando. Cadeias produtivas inteiras estão sendo massacradas nessa pandemia. Milhares de trabalhadores e empreendedores já estão pagando uma conta muito alta”, disse.

Para Bruno, além das medidas de isolamento, indispensáveis para a preservação da vida, o Poder Público tem o dever de, ao lado dos setores produtivos, traçar, com urgência, um planejamento estratégico que estabeleça etapas, metas e objetivos claros para, na hora certa, implementar as ações de reabertura gradual da economia. “É preciso proteger empregos e empresas, sem descuidar da grande prioridade, que é assegurar a saúde das pessoas”, justifica o parlamentar.

Em seu Requerimento o parlamentar solicita informações sobre quais são os dados e indicadores adotados pelo Poder Público Municipal para a mensuração dos impactos da pandemia do Coronavírus na cidade, bem como quais são os critérios estabelecidos para permitir o início da flexibilização do isolamento e a consequente retomada gradual da economia na cidade de João Pessoa.

“Nós temos que sair mais unidos e mais fortes dessa pandemia, vamos enfrentar um grave cenário de recessão econômica e é por isso que precisamos, com urgência, de um plano estratégico com estabelecimento de metas, etapas e objetivos muito claros que lute pela reabertura gradual das atividades comerciais a fim de que a gente possa proteger empregos, proteger empresas, mas sem descuidar da grande prioridade que é assegurar a saúde das pessoas”, enfatiza.

Parlamentopb

Tags

Assessoria

Com mais de 43 anos prestados à radiofonia paraibana, o radialista Cardivando de Oliveira iniciou a carreira em plena ditadura militar. Apresentador do programa BOM DIA PARAÍBA, na rádio Sanhauá, Cardivando é dono de uma audiência invejável.Cardivando Cavalcante de Oliveira, pessoense, radialista com mais de 50 anos prestados ao radialismo paraibano, iniciou a carreira no ano de 1964, em plena ditadura militar, no bairro da Torre, como locutor da Difusora Luso-brasileira, pertencente ao radialista Manoel Alexandre.Âncora do programa BOM DIA PARAÍBA, apresentado pela rádio Sanhauá, na freqüência AM 1.280, Cardivando foi o comunicador pioneiro, a colocar o ouvinte no ar através do telefone. No seu programa, são abordados diversos temas sempre com a participação do ouvinte. Dono de um estilo singular de fazer rádio, Cardivando de Oliveira é o criador do bordão: "Tu cai daí", ora utilizado por ele, sempre que um ouvinte comete um deslize, ou exagera num determinado comentário.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios