Câmara discute combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes, em live nesta segunda-feira (18)

Convidada será a presidente da Comissão dos Direitos da Criança e do Adolescente da OAB-PB, Michelle Ferrari


No ‘Dia de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes’, lembrado nesta segunda-feira (18), a Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) vai realizar uma live, a partir do meio-dia, para sensibilizar a população a respeito dos Direitos Humanos das Crianças e Adolescentes. A transmissão acontecerá no instagram (@camaramunicipaljp) e na Rádio Câmara FM 88,7, com apresentação da jornalista Edileide Vilaça. Ela vai receber a presidente da Comissão dos Direitos da Criança e do Adolescente da Ordem dos Advogados da Paraíba (OAB-PB), Michelle Ferrari.

Elas vão conversar sobre a campanha permanente ‘Faça Bonito’, alusiva ao 18 de Maio, que está completando 20 anos em 2020. A proposta é destacar a data para mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos de crianças e adolescentes.

“Convoco todo mundo a se mobilizar diante desta luta. Vamos dialogar sobre o aumento dos riscos de abuso, negligência, exploração e violência na Paraíba, em meio à intensificação das medidas de contenção face ao novo Coronavírus (Covid-19)”, convidou a todos para acompanhar e interagir com a live, Michelle Ferrari.

18 de Maio

O ‘Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes’ foi instituído pela Lei Federal 9.970/00, sendo uma conquista que demarca a luta pelos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes no território brasileiro e que já alcançou muitos municípios do país.

Esse dia foi escolhido porque, em 18 de maio de 1973, na cidade de Vitória (ES), um crime bárbaro chocou o Brasil e ficou conhecido como o ‘Caso Araceli’. Araceli era uma menina de oito anos de idade que teve todos os seus direitos humanos violados. Ela foi raptada, estuprada e morta por jovens de classe média alta da capital do Espírito Santo. O crime, apesar de sua natureza hedionda, até hoje está impune.

Secom CMJP

Tags

Assessoria

Com mais de 43 anos prestados à radiofonia paraibana, o radialista Cardivando de Oliveira iniciou a carreira em plena ditadura militar. Apresentador do programa BOM DIA PARAÍBA, na rádio Sanhauá, Cardivando é dono de uma audiência invejável.Cardivando Cavalcante de Oliveira, pessoense, radialista com mais de 50 anos prestados ao radialismo paraibano, iniciou a carreira no ano de 1964, em plena ditadura militar, no bairro da Torre, como locutor da Difusora Luso-brasileira, pertencente ao radialista Manoel Alexandre.Âncora do programa BOM DIA PARAÍBA, apresentado pela rádio Sanhauá, na freqüência AM 1.280, Cardivando foi o comunicador pioneiro, a colocar o ouvinte no ar através do telefone. No seu programa, são abordados diversos temas sempre com a participação do ouvinte. Dono de um estilo singular de fazer rádio, Cardivando de Oliveira é o criador do bordão: "Tu cai daí", ora utilizado por ele, sempre que um ouvinte comete um deslize, ou exagera num determinado comentário.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios