Força-tarefa da Prefeitura de João Pessoa vistoria lojas em seis shoppings e comércio no Alto do Mateus

A força-tarefa da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) que fiscaliza o comércio da Capital para que os estabelecimentos não descumpram as medidas dos decretos municipais fiscalizou os shoppings centers na tarde desta quarta-feira (13). As equipes estiveram em seis shoppings (Manaíra, Tambiá, Sul, Mag, Kadoshi e Pátio Altiplano) e apenas uma loja de venda de chocolates foi fechada e autuada por não ser considerada essencial. Já no bairro Alto do Mateus, as equipes fecharam dois estabelecimentos e notificou sete. A força-tarefa é para garantir o cumprimento dos decretos municipais de isolamento social para prevenção e combate à Covid-19.

A secretária do Procon-JP, Maristela Viana,afirmou que a grande maioria dos shoppings centers da Capital estava cumprindo com o funcionamento apenas dos serviços essenciais. “Nossas equipes estão nas ruas para verificar todas as medidas dos decretos municipais. Com relação aos shoppings centers, a grande maioria estava cumprindo a lei com a abertura apenas dos serviços considerados essenciais, como agências bancárias e casas lotéricas. Também verificamos que os restaurantes estavam funcionando apenas por delivery”, disse.

A secretária ainda explicou as condições em que os estabelecimentos são fechados,notificados ou autuados. “Algumas lojas consideradas não essenciais continuam desrespeitando a lei e, por causa disso, são fechadas. Outros estabelecimentos não estão cumprindo com as condições de higiene, como disponibilizar álcool em gel, controle de clientes e o uso das máscaras por clientes e funcionários. Nestes casos, elas são autuadas ou notificadas para cumprir as regras”, esclareceu.

Força-tarefa – O trabalho de fiscalização é realizado pelas secretarias de Desenvolvimento Urbano (Sedurb), Planejamento (Seplan), Mobilidade Urbana (Semob), Segurança Urbana e Cidadania (Semusb), Vigilância Sanitária, Procon-JP e Procuradoria-Geral do Município (Progem).

Balanço – Desde o início da ação, no domingo (3), já foram 49 lojas fechadas, com 34 autuações emitidas e 134 notificações. A ação já passou por diversos bairros de João Pessoa, como Manaíra, Mangabeira, Torre, Geisel, Cruz das Armas, Tambaú, Bessa, Jardim Veneza, Bairro das Indústrias, Vieira Diniz, Alto do Mateus e Centro.

Decreto – A publicação estabelece o funcionamento dos serviços essenciais e determina uma série de recomendações a outros tipos de serviço, como bancos, lotéricas e supermercados. No Semanário Oficial estão disponíveis todas as normas do decreto municipal. Acesse: http://www.joaopessoa.pb.gov.br/portal/wp-content/uploads/2020/05/2020_Edi%C3%A7%C3%A3o_Especial_01-05.pdf.

Tags

Assessoria

Com mais de 43 anos prestados à radiofonia paraibana, o radialista Cardivando de Oliveira iniciou a carreira em plena ditadura militar. Apresentador do programa BOM DIA PARAÍBA, na rádio Sanhauá, Cardivando é dono de uma audiência invejável.Cardivando Cavalcante de Oliveira, pessoense, radialista com mais de 50 anos prestados ao radialismo paraibano, iniciou a carreira no ano de 1964, em plena ditadura militar, no bairro da Torre, como locutor da Difusora Luso-brasileira, pertencente ao radialista Manoel Alexandre.Âncora do programa BOM DIA PARAÍBA, apresentado pela rádio Sanhauá, na freqüência AM 1.280, Cardivando foi o comunicador pioneiro, a colocar o ouvinte no ar através do telefone. No seu programa, são abordados diversos temas sempre com a participação do ouvinte. Dono de um estilo singular de fazer rádio, Cardivando de Oliveira é o criador do bordão: "Tu cai daí", ora utilizado por ele, sempre que um ouvinte comete um deslize, ou exagera num determinado comentário.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios