Prefeitura de João Pessoa solicita à CBTU que paralise circulação de trens urbanos na Região Metropolitana da Capital

Representantes da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) e de diversas esferas do Ministério Público se reuniram na tarde desta segunda-feira (11) para discutir efeitos da manutenção do serviço de transporte por trem na disseminação da Covid-19. Na ocasião, o procurador-geral do Município, Adelmar Régis, solicitou formalmente a paralisação dos serviços, uma forma de evitar aglomerações e reduzir a possibilidade de contágio da doença.

A circulação de trens acontece entre as cidades de Cabedelo, João Pessoa, Bayeux e Santa Rita e aproximadamente 1,5 mil pessoas utilizam o serviço diariamente. “Temos nos articulado com outras prefeituras de cidades que compõem a nossa Região Metropolitana e que são atendidas pela CBTU e concordamos que a paralisação do serviço de trens é um ato importante, que vai contribuir com a segurança sanitária”, explicou Adelmar Régis.

Outra alternativa proposta pelo Procurador seria restringir o transporte apenas aos profissionais da rede pública e privada da saúde. O encontro aconteceu por videoconferência e contou com a participação do superintendente do órgão na Capital, Paulo Barreto, além de outros membros do corpo diretor. Ainda participaram integrantes do Ministério Público Federal (MPF), Ministério Público do Trabalho (MPT) e Ministério Público da Paraíba (MPPB).

A demanda, segundo o procurador-geral, foi bem recebida pelo órgão. “O superintendente compreendeu nossa iniciativa e se comprometeu a levar a demanda à administração central do órgão, na esfera federal”, explicou.

Secom PMJP

Tags

Assessoria

Com mais de 43 anos prestados à radiofonia paraibana, o radialista Cardivando de Oliveira iniciou a carreira em plena ditadura militar. Apresentador do programa BOM DIA PARAÍBA, na rádio Sanhauá, Cardivando é dono de uma audiência invejável.Cardivando Cavalcante de Oliveira, pessoense, radialista com mais de 50 anos prestados ao radialismo paraibano, iniciou a carreira no ano de 1964, em plena ditadura militar, no bairro da Torre, como locutor da Difusora Luso-brasileira, pertencente ao radialista Manoel Alexandre.Âncora do programa BOM DIA PARAÍBA, apresentado pela rádio Sanhauá, na freqüência AM 1.280, Cardivando foi o comunicador pioneiro, a colocar o ouvinte no ar através do telefone. No seu programa, são abordados diversos temas sempre com a participação do ouvinte. Dono de um estilo singular de fazer rádio, Cardivando de Oliveira é o criador do bordão: "Tu cai daí", ora utilizado por ele, sempre que um ouvinte comete um deslize, ou exagera num determinado comentário.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios