Funjope define programação e regulamento do Carnaval Tradição

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio da sua Fundação Cultural (Funjope), divulgou nesta quinta-feira (13) a programação do Carnaval Tradição, que acontece de 22 a 24 de fevereiro, na Avenida Duarte da Silveira, e que contará com 37 agremiações entre escolas de samba, tribos indígenas, ala ursas e clubes de orquestra.

O desfile do clube de orquestras, que conta com 10 agremiações, acontece no sábado (22) e domingo (23), e terá um tempo de 25 minutos de apresentação, com intervalo de 5 minutos entre um clube de orquestra e outro.  A competição se inicia às 18h, no sábado, e às 17h30, no domingo de Carnaval.

No sábado e no domingo desfilam nove tribos indígenas por 30 minutos, cada, com intervalo de 5 minutos entre uma tribo e outra. O início da competição será às 18h30.

Cinco agremiações participam do desfile da categoria escolas de samba, que irá acontecer no domingo (23). Cada escola terá um tempo de 40 minutos de apresentação e tempo mínimo de desfile de 35 minutos, com intervalo de 10 minutos entre uma agremiação e outra.

As ala ursas se apresentam na segunda (24) de Carnaval, com 11 agremiações, tendo o tempo de 20 minutos de apresentação, com intervalo de 5 minutos entre uma agremiação e outra.

A apuração de cada categoria ocorrerá em data, horário e local público a ser definido pela Funjope, que adotará as medidas necessárias à realização dos trabalhos. O regulamento do Carnaval Tradição 2020 e a ordem dos desfiles das agremiações podem ser acessados no link https://transparencia.joaopessoa.pb.gov.br/#/editais?id=36 e clicando em “Arquivos”.

Secom PMJP
Tags

Assessoria

Com mais de 43 anos prestados à radiofonia paraibana, o radialista Cardivando de Oliveira iniciou a carreira em plena ditadura militar. Apresentador do programa BOM DIA PARAÍBA, na rádio Sanhauá, Cardivando é dono de uma audiência invejável.Cardivando Cavalcante de Oliveira, pessoense, radialista com mais de 50 anos prestados ao radialismo paraibano, iniciou a carreira no ano de 1964, em plena ditadura militar, no bairro da Torre, como locutor da Difusora Luso-brasileira, pertencente ao radialista Manoel Alexandre.Âncora do programa BOM DIA PARAÍBA, apresentado pela rádio Sanhauá, na freqüência AM 1.280, Cardivando foi o comunicador pioneiro, a colocar o ouvinte no ar através do telefone. No seu programa, são abordados diversos temas sempre com a participação do ouvinte. Dono de um estilo singular de fazer rádio, Cardivando de Oliveira é o criador do bordão: "Tu cai daí", ora utilizado por ele, sempre que um ouvinte comete um deslize, ou exagera num determinado comentário.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios