Projeto Estacine exibe a mostra ‘Expressionismo Alemão’ na Estação das Artes

estão fora do circuito comercial, o projeto Estacine deste mês de novembro traz para o público, nos sábados de novembro, começando neste dia 9, a mostra ‘Expressionismo Alemão’, com filmes dirigidos pelo diretor F.W. Murnau.

Friedrich Wilhelm Murnau (1888-1931) iniciou sua carreira no cinema em 1919, e foi um dos mais importantes realizadores do cinema mudo, do cinema expressionista alemão e do movimento Kammerspiel. Um dos filmes mais importantes de Murnau foi “Nosferatu” (1922), que incorporou inovações técnicas e efeitos especiais, a exemplo da imagem em negativo de árvores brancas sobre o céu negro, rompendo com os modelos cenográficos da época, no estilo “O Gabinete do Dr. Caligari”, outra obra marcante do expressionismo.

Tão importante quanto “Nosferatu” na filmografia de Murnau, e com roteiro de Carl Meyer, é o longa “A Última Gargalhada” (Der letzte Mann, 1924), que firmou a reputação de F. W. Murnau como um grande cineasta.

As exibições acontecem sempre no Mini auditório 3 da Estação das Artes – anexo da Estação Cabo Branco, a partir das 15h. O público deve ficar atento a classificação indicativa de cada filme.

Confira a programação:

09/11 – Sábado, 15h

Filme: “Nosferatu” / “Nosferatu”, Eine Symphonie des Grauens (ALE,1922)

Duração: 1h34m

Tags

Assessoria

Com mais de 43 anos prestados à radiofonia paraibana, o radialista Cardivando de Oliveira iniciou a carreira em plena ditadura militar. Apresentador do programa BOM DIA PARAÍBA, na rádio Sanhauá, Cardivando é dono de uma audiência invejável.Cardivando Cavalcante de Oliveira, pessoense, radialista com mais de 50 anos prestados ao radialismo paraibano, iniciou a carreira no ano de 1964, em plena ditadura militar, no bairro da Torre, como locutor da Difusora Luso-brasileira, pertencente ao radialista Manoel Alexandre.Âncora do programa BOM DIA PARAÍBA, apresentado pela rádio Sanhauá, na freqüência AM 1.280, Cardivando foi o comunicador pioneiro, a colocar o ouvinte no ar através do telefone. No seu programa, são abordados diversos temas sempre com a participação do ouvinte. Dono de um estilo singular de fazer rádio, Cardivando de Oliveira é o criador do bordão: "Tu cai daí", ora utilizado por ele, sempre que um ouvinte comete um deslize, ou exagera num determinado comentário.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios