CMJP debate Dia do Oficial da Reserva, Novembro Azul e artes marciais nas escolas

Ainda serão entregues Medalha Cidade de João Pessoa e cidadania pessoense ao cardiologista Lauro Wanderley Filho e ao delegado Steferson Gomes, respectivamente

A Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) vai realizar três sessões especiais e duas solenes, durante a semana de 4 a 8 de novembro. Serão debatidos o Dia do Oficial da Reserva R/2, a campanha de prevenção e diagnóstico do câncer de próstata Novembro Azul e a implementação de artes marciais nas escolas como forma de construção cidadã. Ainda serão entregues a Medalha Cidade de João Pessoa ao cardiologista Lauro Wanderley Filho e a cidadania pessoense ao delegado Steferson Gomes. Todas as sessões vão ocorrer no Plenário Senador Humberto Lucena.

Às 15h da segunda-feira (4), acontece uma sessão especial em alusão ao Dia do Oficial da Reserva R/2, através de uma propositura do vereador Humberto Pontes (Avante). “O Oficial R/2 desempenha um papel cada vez mais relevante, tanto nas complexas e desafiadoras missões militares, quanto no papel multiplicador dos valores seus na sociedade. Ao deixarem o serviço ativo, tornam-se embaixadores qualificados do Exército pelo alto nível intelectual e social, e pela capilaridade em várias faixas etárias e diferentes profissões no segmento civil, ou ainda militar, que passam a ocupar”, justificou o propositor.

Na terça-feira (5), às 14h, o cardiologista Lauro dos Guimarães Wanderley Filho vai receber das mãos do vereador Damásio Franca (Progressistas) a Medalha Cidade de João Pessoa pelos relevantes serviços prestados. O homenageado é médico aposentado da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), exerce sua profissão liberal no Centro Cardiológico da Paraíba (Centrocor), coordena o Grupo de Estudos Médicos Científicos e participa da Fundação SOS Patrimônio Histórico e Natural de João Pessoa, em defesa do Centro Histórico da Capital.

O delegado de polícia civil e presidente da Associação em Defesa das Prerrogativas do Delegado Civil, Steferson Gomes Nogueira Vieira, vai receber o Título de Cidadão Pessoense na quarta-feira (6), às 15h, numa propositura do vereador Leo Bezerra (PSB), pelos “relevantes serviços prestados ao Estado, especificamente à cidade de João Pessoa na área da segurança pública”.

Na quinta-feira (7), às 15h, acontece uma sessão especial alusiva ao Novembro Azul, movimento mundial dedicado à saúde do homem, especificamente para reforçar a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata, que acontece no mês de novembro. A propositura é da vereadora Raíssa Lacerda (PSD).

Às 9h30 da sexta-feira (8), acontece uma sessão especial para debater as artes marciais como instrumentos de construção cidadã e autoconhecimento e sua implementação nas escolas. Segundo o propositor do debate, vereador Carlão (DC), além dos benefícios físicos das artes marciais, também são comprovados benefícios psicológicos, como o estímulo à capacidade de concentração, controle emocional, autoconhecimento e ao aprendizado no desenvolvimento do espírito de competitividade sadio.

“Através do esporte apreende-se que não se consegue nada sozinho; aprende-se o respeito às regras, à disciplina; aprende-se a ganhar ou perder e viver isso ao longo da vida. As artes marciais são ferramentas que farão com que a criança e o jovem se familiarizem com esses conceitos e se tornem seres humanos melhores”, defendeu Carlão.

Tags

Assessoria

Com mais de 43 anos prestados à radiofonia paraibana, o radialista Cardivando de Oliveira iniciou a carreira em plena ditadura militar. Apresentador do programa BOM DIA PARAÍBA, na rádio Sanhauá, Cardivando é dono de uma audiência invejável.Cardivando Cavalcante de Oliveira, pessoense, radialista com mais de 50 anos prestados ao radialismo paraibano, iniciou a carreira no ano de 1964, em plena ditadura militar, no bairro da Torre, como locutor da Difusora Luso-brasileira, pertencente ao radialista Manoel Alexandre.Âncora do programa BOM DIA PARAÍBA, apresentado pela rádio Sanhauá, na freqüência AM 1.280, Cardivando foi o comunicador pioneiro, a colocar o ouvinte no ar através do telefone. No seu programa, são abordados diversos temas sempre com a participação do ouvinte. Dono de um estilo singular de fazer rádio, Cardivando de Oliveira é o criador do bordão: "Tu cai daí", ora utilizado por ele, sempre que um ouvinte comete um deslize, ou exagera num determinado comentário.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios