TV Câmara JP é pioneira em disponibilizar ferramenta de legenda automatizada ‘Closed Caption’

Assinatura do termo de cooperação técnica com a empresa Xtream Solutions possibilita o cumprimento de exigência legal para inclusão e acessibilidade de pessoas com deficiência auditiva

Possibilitar a inclusão e acessibilidade de pessoas com deficiência auditiva. Esse foi o principal ganho da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) e da população pessoense com parceria firmada, na manhã desta segunda-feira (12), com a empresa Xtream Solutions, composta por funcionários de Tecnologia da Informação da Rede Paraíba de Comunicação. Com o acordo de cooperação técnica, a TV Câmara é a primeira casa legislativa mirim a utilizar o recurso automatizado de legendas, chamado Closed Caption (em inglês, legenda oculta), para cumprir a lei de acessibilidade.

A ferramenta disponibilizada pela empresa Xtream Solutions permite que pessoas com deficiência auditiva acompanhem diálogos e falas dos programas da TV Câmara, em tempo real, por meio de legendas no vídeo de televisores com esta função. Tecnicamente, essas legendas são ‘escondidas’ e só aparecem quando acionadas no televisor.

Assinaram o acordo o presidente da Rede Paraíba de Comunicação, Eduardo Carlos e o presidente da CMJP, vereador João Corujinha (DC). Também estiveram presentes na reunião: os cofundadores da empresa e integrantes da equipe de Tecnologia de Informação da Rede, Josemar Cruz e Washington Lima; as vereadoras Raíssa Lacerda (PSD) e Helena Holanda (PP); os vereadores Bosquinho (PSC), Lucas de Brito (PV), Marcos Henriques (PT) e Chico do Sindicato (Avante); o secretário de comunicação da Casa, Lael Arruda; a representante da Associação das Televisões e Rádios Legislativas (ASTRAL) e servidora da CMJP, Rafaela Cristofoli; e o diretor de Tecnologia da Informação do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJ-PB), José Teixeira de Carvalho Neto.

Para o presidente da CMJP, a utilização da ferramenta é mais um avanço da TV Câmara em benefício da população pessoense. “Estamos muito felizes em assinar esse termo para a utilização dessa tecnologia, pois as opções disponíveis no mercado têm um custo elevado, o que tem sido a grande dificuldade de implantação pelas Câmaras de todo Brasil. Com o acordo, somos a primeira câmara municipal a ter esse programa que possibilita o recurso closed caption. É muito importante sabermos que as pessoas com deficiência auditiva também vão poder acompanhar os trabalhos da Câmara, que está sempre preocupada em levar a informação do legislativo para a população da nossa cidade”, declarou João Corujinha. 

O presidente da Rede Paraíba de Comunicação agradeceu o empenho de todos os envolvidos para dotar a TV Câmara com essa ferramenta de acessibilidade. “Espero estar contribuindo para o desenvolvimento da comunicação com eficiência”, afirmou Eduardo Carlos, durante a reunião de assinatura do acordo de cooperação técnica.

Josemar Cruz ressaltou a honra da empresa em cooperar para o exercício da cidadania das pessoas com deficiência auditiva. “Estamos honrados em entregar à casa parlamentar uma ferramenta de acessibilidade a uma parte da população pouco assistida. E nós, silenciosamente, estamos entregando essa solução. Agora é possível acompanhar integralmente um conteúdo que faz parte da vida do cidadão, das necessidades básicas da população a uma parcela que precisa conhecer seus direitos”, enfatizou.

A representante da Associação das Televisões e Rádios Legislativas (ASTRAL) e servidora da CMJP, Rafaela Cristofoli, destacou que, com esse recurso, a TV Câmara está cumprindo uma norma, a fim de contribuir com a responsabilidade social do órgão e em defesa dos direitos de inclusão e acessibilidade. “A utilização de recurso de acessibilidade para pessoas com deficiência auditiva é uma exigência legal que conseguimos cumprir agora com essa parceria. Estamos muito felizes e gratos por mais essa conquista. Vamos trabalhar para levar essa solução também para outras TVs públicas no Brasil”, afirmou a servidora.

Secom CMJP

Tags

Assessoria

Com mais de 43 anos prestados à radiofonia paraibana, o radialista Cardivando de Oliveira iniciou a carreira em plena ditadura militar. Apresentador do programa BOM DIA PARAÍBA, na rádio Sanhauá, Cardivando é dono de uma audiência invejável.Cardivando Cavalcante de Oliveira, pessoense, radialista com mais de 50 anos prestados ao radialismo paraibano, iniciou a carreira no ano de 1964, em plena ditadura militar, no bairro da Torre, como locutor da Difusora Luso-brasileira, pertencente ao radialista Manoel Alexandre.Âncora do programa BOM DIA PARAÍBA, apresentado pela rádio Sanhauá, na freqüência AM 1.280, Cardivando foi o comunicador pioneiro, a colocar o ouvinte no ar através do telefone. No seu programa, são abordados diversos temas sempre com a participação do ouvinte. Dono de um estilo singular de fazer rádio, Cardivando de Oliveira é o criador do bordão: "Tu cai daí", ora utilizado por ele, sempre que um ouvinte comete um deslize, ou exagera num determinado comentário.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios