Botafogo-PB vence Campinense no estádio Amigão

Por Globo Esporte

O Botafogo-PB segue 100% no Campeonato Paraibano. Na noite desta quarta-feira (30), o Belo foi até Campina Grande e venceu o Campinense por 1 a 0 no Amigão, em jogo válido pela quarta rodada do estadual. A vitória no Clássico emoção deixa o Alvinegro da Estrela Vermelha mais líder que nunca no Grupo A e acaba com a invencibilidade da Raposa, que agora vê sua liderança ameaçada na Chave B.

Campinense e Botafogo-PB começaram a partida com certo equilíbrio. Nenhum dos dois times conseguia chegar com espaço ao ataque, até que a Raposa começou a ganhar terreno e dominar a partida. E teve duas boas chances de abrir o placar. 

Na primeira, Warlei recebeu bom cruzamento e cabeceou para defesa de Saulo. Logo na sequência, foi Gustavo quem teve uma excelente oportunidade, mas Saulo fez outra grande intervenção e começou a mostrar que seria difícil vencê-lo nesta noite. Adalgiso Pitbull ainda arriscou o chute para boa defesa de Wagner Coradin. Aí, aos 42 minutos, Fábio Alves cobrou falta e forçou o goleiro rubro-negro a fazer uma defesa plástica e ainda viu a bola tocar a trave antes de sair.

Na cobrança de escanteio, no entanto, o próprio Fábio Alves mandou na área e, depois de desvio, Marcos Vinicius aproveitou para mandar para as redes e abrir o placar, já aos 43, fechando a contagem do primeiro tempo.

No segundo tempo, o Campinense foi em busca do empate. E o Botafogo-PB não abdicou de atacar. Foram da Raposa as melhores chances, a maioria delas paradas pelas boas defesas de Saulo, talvez o principal nome do Belo na partida. João Paulo, Neilson, Lopeu, Romeu, todos eles tentaram. Chegaram perto de conseguir o empate para o Rubro-Negro, mas o camisa 1 do Alvinegro da Estrela Vermelha estava numa noite inspirada e fechou o gol. 

Os botafoguenses investiram em alguns chutes de longa distância, em bolas alçadas na área, mas pouco levou de perigo ao gol de Wagner Coradin. Não precisou. Conseguiu administrar o 1 a 0 e garantir mais uma vitória no Campeonato Paraibano.

Clickpb

Tags

Assessoria

Com mais de 43 anos prestados à radiofonia paraibana, o radialista Cardivando de Oliveira iniciou a carreira em plena ditadura militar. Apresentador do programa BOM DIA PARAÍBA, na rádio Sanhauá, Cardivando é dono de uma audiência invejável.Cardivando Cavalcante de Oliveira, pessoense, radialista com mais de 50 anos prestados ao radialismo paraibano, iniciou a carreira no ano de 1964, em plena ditadura militar, no bairro da Torre, como locutor da Difusora Luso-brasileira, pertencente ao radialista Manoel Alexandre.Âncora do programa BOM DIA PARAÍBA, apresentado pela rádio Sanhauá, na freqüência AM 1.280, Cardivando foi o comunicador pioneiro, a colocar o ouvinte no ar através do telefone. No seu programa, são abordados diversos temas sempre com a participação do ouvinte. Dono de um estilo singular de fazer rádio, Cardivando de Oliveira é o criador do bordão: "Tu cai daí", ora utilizado por ele, sempre que um ouvinte comete um deslize, ou exagera num determinado comentário.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios